Pesquisar este blog

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Uma mudança desafiadora


Quantas vezes esta semana você parou para pensar nos seus defeitos, ou até mesmo repreendeu-se por ter falhado? Poucas vezes, talvez até nenhuma, porém quantas vezes durante essa semana você identificou defeitos nos outros ou até lhes repreendeu, seja em seus pensamentos ou verbalmente, diversas vezes. Isso nos faz lembrar que costumamos ver o que há a nossa volta, procurando mudar o que não está certo, mas muitas vezes não olhamos para dentro de nós para por as coisas em ordem.
A mudança mais difícil de realizar não é a do estilo de roupa, dos amigos ou do trabalho, a mudança mais difícil é a de dentro, aquela que temos que mudar a nós mesmos, apontando os próprios erros e se esforçar para mudar. Apontar o defeito dos outros é fácil, porém ser apontado como defeituoso é dolorido, por mais que seja verdade.
Sábio é aquele que antes de apontar o defeito do próximo, vê seus próprios defeitos para saber se tem o direito de julgar os outros.
Muitas pessoas precisam passar por situações difíceis para se tornar melhores, mas talvez as situações difíceis sejam causadas pelo fato de não tentarmos nos tornar melhores por conta própria.
Raramente na nossa rotina diária paramos para pensar como reagimos a certas situações naquele dia, raramente nos perguntamos se estamos certos em nossa personalidade, ou se não estamos afastando pessoas por causa de nossos defeitos.
Precisamos mudar nosso conceito de vida, precisamos analisar melhor o que dizemos, fazemos ou pensamos, pois muitas vezes não é o próximo que está errado e sim nós, porém somos cegos de mais para se perguntar qual está certo, nós apenas ignoramos o correto e invocamos o orgulho, e isso faz de nós seres cada vez mais desprezíveis, fazendo jus a o que o ser humano realmente é, e isso nos impede de julgar os outros por sermos iguais a eles.
Talvez seja impossível alcançar a perfeição, porém se todos nós tentássemos, o mundo seria um lugar bem melhor de viver.

Nenhum comentário: